PSL homologa candidaturas para o Governo e Senado durante convenção

Porto Velho, RO –  O Partido Social Liberal (PSL) realizou na manhã deste sábado, 4, sua convenção partidária para definir os nomes dos candidatos de sua chapa. O encontro aconteceu no auditório do hotel Golden Plaza em Porto Velho e contou com a presença de diversas pessoas.

Durante o encontro ficou definido que o candidato ao governo pelo grupo é o ex-secretário de justiça, Marcos Rocha. O que já vinha sendo comentado pelas equipes políticas do Estado se confirmou: os membros do PSL fecharam uma chapa “puro Sangue”, ou seja, sem alianças com outros partidos.

O nome do empresário José Jodan de Rolim de Moura também foi aprovado como vice na chapa do partido do presidenciável, Jair Bolsonaro. Durante sua fala, Marcos Rocha explicou que a decisão do partido em realizar uma chapa sem alianças se deu porque uma questão lógica: “Todos os candidatos deste grupo são ficha limpa e não têm problemas com a justiça”, comentou o coronel.

O empresário vilhenense Jaime Bagattoli também teve seu nome aprovado em convenção para a disputa ao Senado. Em sua fala, Bagattoli relatou a insatisfação que tem em relação ao excesso de impostos que o brasileiro paga, além do seu compromisso em defender os interesses da população de Rondônia.

Durante seu discurso, Jaime fez questão de apresentar seus dois suplentes. “É comum que senadores coloquem seus pais ou familiares como suplentes. Aqui estão os empresários João Cipriano e Luiz Carlos. Estamos alinhados e eu gostaria que a população soubesse que não houve nenhum tipo de acordo para que estes cargos fossem preenchidos”, enfatizou Bagattoli.

O PSL confirmou, ainda, que o presidenciável Jair Bolsonaro poderá vir a Rondônia nas próximas semanas para endossar as candidaturas do partido.

 

 

 

Fonte: Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *