Ministros do STF terão carros blindados ao custo de R$ 2,8 mi

Compra foi aprovada por Dias Toffoli. Motivo da blindagem são ameaças sofridas por alguns ministros

Mariana Londres e Clébio Cavagnolle, da Record TV

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Dias Toffoli, aprovou a aquisição de 14 carros blindados da marca Ford, modelo Fusion, para o transporte dos ministros. O custo será de R$ 2,8 milhões.

Pela primeira vez na história da Suprema Corte, a frota será toda blindada. A justificativa são  as ameaças sofridas por alguns ministros. Já foram alvo, os ministros Edson Fachin, relator da Lava Jato, Lewandowski e Rosa Weber.

Os ministros não são obrigados a aderir aos carros da Corte. Quando era presidente, a ministra Cármen Lúcia dispensava o motorista e chegava ao tribunal dirigindo o próprio carro, um Chevrolet Cruze. Ela só usava o carro oficial para deslocamentos de trabalho: do STF para outros locais.

Esta não foi a única medida de segurança adotada recentemente. Desde o início do mês, os seguranças que atuam no STF, inclusive no interior do prédio, passaram a usar arma de choque e spray de pimenta. Além da proteção dos ministros, a medida visa proteger o prédio de vandalismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *