Lenha na Fogueira – Nossa previsão sobre as candidatas que seriam eleitas deputadas federal em Rondônia, só não foi precisa, porque a candidata Marinha Raupp não conseguiu se eleger.

Nossa previsão sobre as candidatas que seriam eleitas deputadas federal em Rondônia, só não foi precisa, porque a candidata Marinha Raupp não conseguiu se eleger.
**********
Postamos várias vezes, que a bancada federal feminina de Rondônia poderia ser formada por quatro e até cinco candidatas: Mariana Carvalho, Marinha Raupp, Jaqueline Cassol e Sílvia Cristina e correndo por fora a Cláudia Moura e a esposa do Capixaba Hosana.
*********
Pois não foi que dentro da margem de erro, acertamos em cheio pois, foram eleitas TRÊS DEPUTADAS FEDERAIS – Mariana Carvalho, Sílvia Cristina e Jaqueline Cassol.
*********
Agora, quem quebrou tudo e entra para a galeria das entidades que não merecem confiança de ninguém, são os badalados (em época de eleição) Institutos de Pesquisa. Pelo menos em Rondônia ha muito tempo não acertam nada.
*********
Nem mesmo dentro da margem de erros, eles acertam as previsões. Quem já tinha ouvido falar no nome do candidato ao Senado pelo PSL Jaime Bagattoli. Ele jamais apareceu nas pesquisas   e mesmo assim, quase tira o Dr. Confúcio Moura da parada.
*********
Por sinal, todas as pesquisas davam Confúcio Moura muito a frente dos concorrentes, o mais perto depois que a Fátima Cleide ficou de fora, segundo os famigerados Institutos de Pesquisa , era o Senador Raupp que terminou ficando em 6º lugar.
**********
Marcos Rogério aparecia em 3º lugar! Resultado: foi recordista de voto para o Senado de todos os tempos em Rondônia. Confúcio quase acaba com o restinho de cabelo que lhes resta e só não arrancou toda pele dos dedos (de tanto morder), porque deve ter “casco” duro.
**********
A surpresa para aqueles que acreditaram nas pesquisas divulgadas, foi a votação do Coronel Marcos Rocha (183.691 votos)  contra apenas 173.690 do Marão de Carvalho.
**********
As pesquisas fizeram um colega (metido) a articulista político, postar em sua coluna, que o candidato Expedito Júnior poderia ganhar no Primeiro Turno, já que segundo o Instituto de Pesquisa estava com 43% enquanto o segundo colocado Maurão de Carvalho registrava apenas 18% e Acir 15% e o Coronel Marcos Rocha com apenas 8%.
*********
Quando abriram as urnas, a situação ficou da seguinte maneira: Expedito com 31,59%; Coronel Marcos Rocha 23,99% e Maurão 22,69%.
**********
Entre a turma que milita nos segmentos Culturais, Esportivos e Turísticos em Rondônia nenhum candidato conseguiu se eleger: Ivonete Gomes (2.524 votos); Luciana Oliveira  (1.422), Júlio Olivar (1.478 votos) e Júlio Cezar (1.567  votos). O único que ainda obteve boa votação, porém, não conseguiu se eleger, foi o Professor Aleks Palitot  que ultrapassou os 8 mil votos.
**********
Cristiane Lopes é uma liderança em evidencia, principalmente entre o eleitorado de Porto Velho. Ela recebeu 20.350 votos superando muita gente metida a campeã de votos. Cristiana fez campanha sem dinheiro, ela mesma ficava nas esquinas exibindo um banner com seu nome e número. Já pensou essa menina com apoio financeiro.
**********
A surpresa das surpresas, foi a votação em Porto Velho do candidato ao governo Vinícius Miguel da Rede que obteve 110.585 votos.
*********
Léo Moraes o deputado federal mais votado vai para Brasília enquanto Vinícius Miguel chega como a nova liderança da Capital. Agora Porto Velho conta com três potências para disputar a prefeitura no próximo pleito: Léo Moraes, Cristiane Lopes e Vinícius Miguel.
**********
Nossas felicitações vão para a colega de empresa (SGC) e profissão (jornalismo) Sílvia Cristina a deputada federal que com certeza, vai fazer a diferença na Câmara dos Deputados em Brasília.
**********
Viva a DEMOCRACIA!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *