Em apuros – Por falar em Marinha Raupp, ela vive um verdadeiro drama para a reeleição.

Duelo de clãs

Nesta eleição de 7 de outubro teremos importantes disputas de clãs políticos regionais. Numa das pelejas, a mais interessante delas, envolve os clãs Raupps x Mouras. Ao Senado Valdir Raupp (MDB) enfrenta no seu próprio partido um predador de garras afiadas, que é o ex-governador Confúcio. Não bastasse Marinha Raupp, enfrenta Claudia Moura na luta pela Câmara dos Deputados.

Em apuros

Por falar em Marinha Raupp, ela vive um verdadeiro drama para a reeleição. Se no seu próprio partido tem a predadora Claudia Mora, nas regiões da Mata e do café ela enfrenta a concorrência de uma possível campeã de votos da temporada que é Jaqueline Cassol (PP). A seu favor,  tem uma forte chapa de candidatos a Assembléia Legislativa para salvar o couro.

Chances de Vidal

São boas as chances de Aluizio Vidal (Rede) de galgar uma cadeira ao Senado na temporada. Existe, no entanto, quase um consenso que uma das duas vagas é do ex-governador Confúcio, que vem muito forte no Vale do Jamari e que deve ficar entre os mais votados na capital. A equação de Vidal para a segunda vaga é confirmar o favoritismo em PVH e melhorar sua performance no interior.

Nas paradas

Já, Jesualdo Pires (PSB) tem que prevalecer seu favoritismo ao Senado na região central num confronto com Carlos Magno (PP) e Marcos Rogério (DEM). Como Pires esta muito bem ancorado no Vale do Jamari e tem vantagem sobre adversários na região do café, com o até o terceiro lugar na capital, Jesualdo pode emplacar. E Raupp aposta numa corrida de recuperação para mais uma reeleição

Definições tucanas

Os tucanos desembarcam na convenção de hoje já com vice definido para o governadoravel Expedito Junior que vai bater chapa com o ex-prefeito de Porto Velho José Vieira Guedes. Trata-se do pastor da Universal e vereador Edézio Fernandes. Com isto, Marcos Rogério será o único candidato ao Senado da aliança PSDB/DEM/PSD. Todas as forças da coalizão serão direcionadas ao jovem parlamentar.

 

Via Direta

*** Tudo indica que o deputado estadual Leo Moraes (Podemos -Porto Velho) vai entrar na disputa por uma cadeira a Câmara dos Deputados numa aliança com o MDB *** Lá terá a concorrência de Marinha Raupp, Lucio Mosquini e Claudia Moura *** A primeira dama de Porto velho Ieda Chaves não vai disputar a eleição em outubro*** Era cotada para uma cadeira a Câmara dos Deputados mas ela rejeitou o apelo tucano *** A chapa tucana entra nas paradas fragilizada.

_____________________________________

 

Posições sobre Amazônia

Limitados ao foco “paulistoca” (misto de paulista e carioca), é visível o desinteresse dos mais badalados postulantes ao Palácio do..

Limitados ao foco “paulistoca” (misto de paulista e carioca), é visível o desinteresse dos mais badalados postulantes ao Palácio do Planalto em definir posições relativas à Amazônia, resumidas ao freqüente rol de sugestões do empresariado regional.

Há pelo país afora, entretanto, um crescente interesse da sociedade pelos assuntos amazônicos. Constituiu grande sucesso em São Paulo, por exemplo, a original mostra “Amazônia: os novos viajantes”, levada no Museu Brasileiro da Escultura e Ecologia pela bióloga Lúcia Lohmann, professora do Instituto de Biociências da USP.

Em 2016, pretendendo coletar plantas e investigar sua história evolutiva, ela chamou para uma expedição pelos rios Negro e Branco a artista plástica portuguesa Gabriela Albergaria, o cineasta Gustavo Almeida e o fotógrafo Léo Ramos Chaves.

A cientista e suas testemunhas produziram um contraponto moderno às célebres e inestimáveis visitas antigas, que consagraram pesquisadores ousados como os alemães Karl Von  Martius e Johann Baptist von Spix.

Dezenas de obras de artistas importantes coroaram a mostra, como as fascinantes aquarelas de flores feitas pela cientista inglesa Margaret Meed entre 1950 e 1980 com amplitude e originalidade.

 

Fonte: Diario da Amazônia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *